“Um pássaro vivia resignado em uma árvore apodrecida no meio de um pântano.

Havia já se acostumado a estar ali, comia insetos do lodo e se encontrava sempre sujo por causa do barro pestilento.

Suas asas estavam atrofiadas por causa do peso das imundicies.
Certo dia, porém, um grande vendaval destruiu sua guarida; a árvore apodrecida foi tragada pela lama e então, ele se deu conta de que iria morrer.

Com o desejo instintivo de salvar-se, começou, com força, a bater as asas para empreender o vôo.

Custou-lhe muito trabalho, pois, esquecera como era voar, porém, agüentou a dor do corpo até que conseguiu levantar-se e cruzar o espaçoso céu, chegando finalmente a um bosque fértil e maravilhoso."

Os problemas são como um vendaval que destrói o seu refúgio e obriga você a levantar o vôo ou a morrer.

Nunca é tarde. Não importa o que você viveu, não importa os erros que você cometeu, não importa as oportunidades que você deixou passar, não importa a sua idade, sempre estamos aptos para dizer BASTA, para ouvir o apelo para uma vida melhor, para sacudirmos a lama e voar ALTO, bem longe do pântano.

Abandone o caminho seguro e cômodo.
Enverede-se pelo caminho incerto, cheio de enigmas e de inseguranças, e o percorra solitariamente.

Deus acompanhará você e lhe indicará o rumo certo a tomar.

0 comentários: