Luz das estrelas...

´ Não me prendo a nada que me defina! Sou companhia mas posso ser solidão... tranquilidade e inconstância, pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio! Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer. Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato... ou toca, ou não toca!´ Clarice Lispector.
...

“Sou tão misteriosa que não me entendo.”

“Através de meus graves erros — que um dia eu talvez os possa mencionar sem me vangloriar deles — é que cheguei a poder amar. Até esta glorificação: eu amo o Nada. A consciência de minha permanente queda me leva ao amor do Nada. E desta queda é que começo a fazer minha vida. Com pedras ruins levanto o horror, e com horror eu amo. Não sei o que fazer de mim, já nascida, senão isto: Tu, Deus, que eu amo como quem cai no nada.”

Clarice Lispector

Adélia Prado


Com licença poética


Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
— dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.

Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível, ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.(Fernando Pessoa)

E nem entendo aquilo que entendo: pois estou infinitamente maior que eu mesma, e não me alcanço.

Clarice lispector

Diante da Vida cada um reage como pode: uns esperam,
outros desistem. Os que Esperam ,são capazes de preencher a vida com Sentido; os que Desistem apressam mais o crescimento dos Medos.
Considerar o Limite como mola propulsora para o nascimento do
Sentido, é de fundamental importãncia na superação dos Medos.
Há sempre um jeito positivo de reagir diante do que nos amedronta;há sempre um Bem a ser extraído.
A morte prevalece toda vez que perdemos a Esperança.
O Vazio,a falta de Sentido, apressa a finitude na vida, mesmo em pessoas jovens na idade, mas que o rosto sem rugas não esconde as rugas da Alma.
Enquanto isso,há gente de idade avançada que encontrou o Sentido, o Bom da Vida,
brilho nos olhos,destreza na Alma e não permitiu que o os Limites do tempo, se transformassem em obstáculos intransponíveis

Eu só peço a DEUS que me faça encontrar o Sentido na hora do Medo.


Não creio na Inutilidade dos dias. Creio é na falta de SENTIDO.

Pe. Fábio de Melo

O sonho encheu a noite
Extravasou pro meu dia
Encheu minha vida
E é dele que eu vou viver
Porque sonho não morre.

Adélia Prado